Retrospectiva 2021 – Light Novels no Brasil

Aqueles livrinhos japoneses

De uma maneira geral pode-se dizer que 2021 foi um bom ano para light novels no Brasil, pois tivemos séries terminando, séries começando, séries continuando, etc, de modo que continuamos a ter o que consumir em nosso país e em nosso idioma. Não houve, porém, uma mudança no mercado. O mesmo status de anos atrás continua atualmente, com pouquíssimas obras e poucos volumes publicados por ano. Não somente isso, várias obras continuaram paradas sem ganhar um número novo sequer durante os 365 dias. Então cabe ao leitor olhar o copo meio cheio ou meio vazio…

Ao todo, em 2021 nós tivemos um total de apenas 16 volumes publicados, um a mais do que em 2020, e ficando na média dos anos anteriores. Não houve nem crescimento e nem uma queda desse pequenino mercado de light novels. Vejam o gráfico:

Os 16 volumes foram publicados por 3 editoras diferentes, sendo 8 pela Panini, 7 pela NewPOP e 1 pela JBC. Esse foi o primeiro ano que a NewPOP não foi a editora que mais lançou volumes perdendo o posto para a Panini. Na verdade, esse foi o ano que a NewPOP menos publicou livrinhos japoneses desde 2015. Vejam o gráfico a seguir:

Quando falamos em séries, os 16 volumes foram divididos por 8 séries diferentes. Sword Art Online foi a obra com mais volumes publicados com um total de 5. Naruto e Re:Zero tiveram 3 cada. Demais obras tiveram apenas um volume lançado.

  • Sword Art Online (Panini, 5 volumes)
  • Naruto Hiden – A História Secreta (Panini,  3 volumes)
  • Re:Zero – Começando uma vida em outro mundo –  (NewPOP, 3 volumes)
  • Crônicas das Guerras de Lodoss (NewPOP, 1 volume)
  • Me Apaixonei pela Vilã (NewPOP, 1 volume)
  • Toradora! (NewPOP, 1 volume)
  • Fireworks – Luzes Vistas de Lado (NewPOP, 1 volume)
  • O Tempo com Você (JBC, 1 volume)

Como mostra o gráfico acima, esse foi o segundo ano com mais série ganhando ao menos um volume, perdendo apenas para 2019.

Em relação aos preços,  as novels tiveram valores variados. A de menor valor foi Fireworks – Luzes Vistas de Lado (R$ 21,90). Toradora! (Final) e Re:Zero saíram a R$ 26,90 cada. Lodoss saiu a R$ 34,90. O Tempo com Você veio a R$ 37,00. Me Apaixonei pela Vilã, Sword Art Online e as novels de Naruto saíram a R$ 39,90 cada.


AS SÉRIES


Agora falemos das séries, uma a uma:

 

 

 

  • Crônicas das Guerras de Lodoss (NewPOP, 1 de 7): depois de mais de dois anos do anúncio, a editora NewPOP começou a publicar em junho a série de livros de Crônicas das Guerras de Lodoss. A série – que seria bimestral – teve apenas um volume foi lançado e se encontra parada no momento. Ela será completa em 7.

 

  • Fireworks – Luzes Vista de Lado (NewPOP): segundo livro da série Fireworks lançada pela NewPOP. Essa versão da obra é “mais ou menos” inspirada no roteiro do filme original década de 1990.

 

  • K-Side (NewPOP): a série K teve um volume publicado em 2015 (K-Side Blue) e, na mesma época, a NewPOP divulgou que possuía a licença de outros três livros. Como Side Blue não foi muito bem nas vendas, os demais livros seguem engavetados e sem previsão desde então.

 

  • Log Horizon (NewPOP, 5 de 11+): tal qual 2019, Log Horizon passou 2021 em branco. A editora chegou a prometer, no início do ano, que lançaria no mínimo 4 volumes em 2021, mas não rolou. A ver como será em 2022…

 

  • Me Apaixonei pela Vilã (NewPOP, 1 de 5): o primeiro volume da novel GL foi publicada pela empresa em outubro. Serão 5 volumes no total e o segundo está previsto para fevereiro de 2022.

 

  • No Game No Life (NewPOP, 10 de 11+): a novel está parada desde dezembro de 2019, mas até então não tinha mais volumes por publicar. O décimo primeiro livro saiu apenas em novembro de 2021 no Japão. Em breve deve chegar ao país também.

 

  • O Tempo com Você (JBC): o livro escrito por Makoto Shinkai foi publicado pela editora JBC nos primeiros dias de janeiro de 2021. Posteriormente ganhou também uma versão em ebook.

 

  • Overlord (JBC): e pelo segundo ano seguido não saiu nenhum volume de Overlord. A editora chegou a dizer que sairiam alguns volumes, mas não rolou. Supostamente ficou para 2022. A ver se se concretiza.

 

  • Re:Zero – Começando uma vida em outro mundo – (18 de 28+): pelo terceiro ano seguido, a publicação de Re:Zero continuou de forma muito irregular no Brasil, com espaçamentos surreais entre um volume e outro. Apenas 3 números saíram em 2021 e chegamos ao volume 18, o último deles lançado em dezembro. O volume #19 está previsto para fevereiro de 2022.

 

  • Shakugan no Shana (3 de 26): e pelo segundo ano seguido não saiu nenhum volume de Shakugan no Shana. A ver se em 2022, a obra retorna.

 

  • Sword Art Online (11 de 26+): a série “pegou” de vez no Brasil. Depois de um início de teste entre o final de 2018 e início de 2019, quando saíram apenas os dois primeiros volumes, agora série está deslanchando com vários volumes sendo lançados seguidamente. Tudo indica que a Panini seguirá a publicação até alcançar o lançamento japonês.

 

  • Toradora! (10 de 10): e depois de muita enrolação acabou a light novel Toradora! no Brasil. Até onde sabemos, somos apenas o segundo país do ocidente a conseguir completar a série, ponto para nós^^.

CURIOSIDADES


  • A autora de Me Apaixonei pela Vilã é bem ativa nas redes sociais e está sempre de olho nas publicações locais, interagindo com os leitores por meio do Google Tradutor e volta a meia acompanha as lives da NewPOP.

 

  • A editora NewPOP lançou Crônicas das Guerras de Lodoss com uma capa diferente da originalmente divulgada. Em 2020, a empresa mostrou a capa oficial que seria usada, mas em 2021, a editora mostrou outra totalmente diferente. Pelas reações das pessoas, os consumidores gostaram mais da nova.

PARA 2022


Obras ATUALMENTE em publicação regular sem pausas longas:

*ainda falta um volume da série Naruto Hiden a ser lançada, chamada de Akatsuki Hiden, mas até o momento em que esta postagem vai ao ar, o título ainda não foi anunciado.

Obras pausadas porque estavam esperando um volume novo no Japão:

Obras pausadas por outras situações: 

Obras anunciadas (podem ou não sair em 2021):

Além deles, a NewPOP ainda tem algumas novels da série K (três delas, no caso) para lançar. Em 2015, a empresa publicou K-Side Blue, mas as vendas foram muito ruins e as demais acabaram não saindo. A editora diz que ainda vai publicá-las, mas depende de estudos para não impactar o cronograma e as finanças da empresa.


*Durante o ano foram publicados no Brasil algumas obras que tem “um pé” na cultura pop japonesa. Pela Galera Record saiu a trilogia inglesa O Castelo Animado, cujo primeiro livro deu origem ao filme de mesmo nome do Ghibli. Pela Estação Liberdade saiu Entregas Expressas da Kiki, livro infantil japonês que deu origem ao filme O Serviço de Entregas da Kiki, também do Ghibli. Esses itens distam bastante de uma light novel japonesa, então não entram na contagem. Do mesmo, Solo Leveling (série de livros da Coreia do Sul) também não entra na contagem, pois não é uma novel japonesa.


Retrospectiva é uma série de postagens que fazemos todos os anos para relembrar o que de melhor e pior aconteceu no mercado brasileiro de mangás, além de outras notícias relacionadas ou não ao nosso país. Para ver todas as postagens deste ano, clique aqui.


NOS SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS



3 Comments

  • Vinicius Gomes

    A Panini indo pelas beiradas e publicou mais que a NewPop, que é tradicional nesse mercado kkkk

  • Ronaldo

    Eu li Crônicas da Guerra de Lodoss e curti bastante.
    Mas pelo que li sobre a obra neste post, até desanimei com o histórico de publicações de light novels da NewPop
    Será que sai mais volumes da obra em 2022?

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: