Comentando os títulos anunciados pela Panini

O que comprarei e o que não comprarei

No último dia 2 de fevereiro, a editora Panini realizou uma bateria de anúncios em uma live feita em suas redes sociais. Foram quatro títulos novos revelados, todos eles previstos para serem publicados em abril. Hoje, eu venho comentar os títulos, dizer o que eu conheço e o que não conheço e falar o que pretendo ou não comprar.

Caso você não reconheça alguma obra, basta clicar no nome dela que você será redirecionado a uma página específica do título em que você poderá ver capas, sinopse, datas de publicação no Japão e outros dados. Dito isso, vamos ao post.

  • A História Secreta da Akatsuki: essa é a última novel da série Naruto Hiden, concluindo a coleção de seis livros. Como não sou fã de Naruto farei os mesmo que com as outras novels e não irei comprar. Tudo indica que tem feito sucesso e eu não me surpreenderia se outras séries de novels de Naruto aparecessem.

 

  • Demon Slayer Fanbook oficial: esse título termina por estar no mesmo caso de A História Secreta da Akatsuki, pois se trata de uma obra derivada de um mangá que não acompanhei. Então, igualmente não irei comprar. Mas a vinda do Fanbook significa – se alguém tinha dúvidas – que Demon Slayer é um sucesso enorme no Brasil, pois já é o terceiro título diferente que aparece logo depois do encerramento do mangá (antes a Panini já anunciou Demon Slayer Gaiden e Demon Slayer Flor da Felicidade).

 

  • Mashle: esse é mais um daqueles títulos que todo mundo sabia que vinha uma hora ou outra. Mangás recentes da Weekly Shonen Jump que não têm “””impedimentos””” (como ser de esporte) costumam chegar mais cedo ou mais tarde e esse era mais um deles. Eu só conhecia o título, porém, por nome e sinopse e, assim, não me interessou em nada. Talvez eu compre o primeiro volume para fazer resenha, mas nada além disso.

 

  • Sword Art Online Progressive: se você me perguntar se eu gosto de Sword Art Online a resposta será um categórico, não. Só que existe uma parte que eu gosto sim, que é a primeira temporada do anime. Mais do que isso, a primeira metade da primeira temporada, que se foca em Aincrad. Eu achei aquilo muito maneiro quando vi pela primeira vez, era algo muito legal e eu fiquei fascinado. O restante de SAO nunca me prendeu, porém. Sword Art Online Progressive é uma volta às origens. É uma releitura do primeiro arco e eu fiquei bastante interessado nele. Não sei se o mangá é bom ou não, mas comprarei o primeiro volume para ver como é que é e fazer resenha. Dependendo de como ele for eu continuarei a comprar.

NOS SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS



7 Comments

  • MaouHero

    Sem duvida eu quero progressive, mas… 36 é muito caro, muito absurdo. Se eu der sorte e achar uma promoção por menos de 30, talvez

  • Daniel

    Nada para mim. Mas se eu não estiver enganado, tem bastante obras da panini pra encerrar, então acho que em breve terá anúncios melhores.

  • Musashi

    Qual o impedimento de ser de esporte? Eu to acompanhando o Blue Box (Ao no Hako) e curtindo bastante.

    • Quase nunca lançam mangás de esporte no Brasil. Nunca percebeu?

      Tirando aquelas obras hiperfamosas, se um mangá é de esporte as chances de vir são bem pequenas.

  • Liz

    Esses anúncios da Panini não poderiam me interessar menos, aliás faz meses que da Panini só anda me interessando a sessão de comics

  • Lindalberto Leal

    Eu queria mesmo era novel de progressive, porém dentre todos os mangás de SAO esse deve ser o melhor, já que enquanto a novel acompanha a persectiva do Kirito esse mangá acompanha a visão da Asuna, então ele muda alguns pontos para encaixar na narrativa, só que é uma mudança boa e traz uma experiencia diferente para novel, o ruim é que ele so adapta até o volume 2 de Progressive, sendo que o mangaká muda a partir do 3° andar com o lançamento de Barcarolle of Froth (Completo em 2 volumes e possivelmente o próximo mangá de SAO a ser lançado por aqui) e ele não é tão bom quanto essa primeira parte, ainda espero que a novel em si de progressive apareça por aqui, bem como o mangá de ordinal scale

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: