Mercados Internacionais: pelo terceiro ano seguido, Espanha tem recorde no número de mangás lançados

Nos últimos anos, o mercado espanhol de mangás tem batido recordes atrás de recordes e em 2019 não foi diferente. Foram publicados na Espanha cerca de 838 volumes de mangás, o maior número da história do país. Até então, as maiores quantidades haviam sido em 2018 (812) e 2017 (793). Esses números somam apenas os mangás de origem japonesa, de modo que eventuais mangás espanhóis, franceses, chineses e de outras nacionalidades publicadas no país, não entram na conta. Assim como light novels, databooks e outros produtos também não.

Esse número impressionante vem logo após o grande impacto que a crise internacional teve no país. Entre 2010 e 2014, o mercado espanhol estava em uma recessão com uma diminuição enorme no número de lançamentos e somente em 2015 as coisas começaram a melhorar de forma exponencial. Vejam o gráfico abaixo.

Gráfico 1. Número de volumes de mangás lançados na Espanha (2001-2019). Fonte dos dados: MangaLand.Es

No gráfico, é possível notar bem como houve uma queda entre 2009 e 2010, mantendo o número de publicações baixo para os padrões do país. Nessa época, inclusive, o mercado brasileiro publicava quase a mesma quantidade de volumes, tendo superado o país europeu em 2013 e 2014. Vejam o gráfico:

Gráfico 2. Número de volumes de mangás lançados no Brasil (2001-2019). Fonte dos dados: Blog BBM e Guia dos Quadrinhos.

Voltando a falar do mercado espanhol, assim como na maioria dos países, não existe nenhuma empresa que faça a aferição do número de vendas no mercado, de modo que não é possível saber o quanto cada título está vendendo. Ainda assim, o aumento no número de publicações é significativo de que o mercado vai bem e está em crescimento.

Ainda sobre esses dados de 2019, esses 838 volumes foram lançados por 19 editoras diferentes, com destaque para a Norma (204 volumes), Planeta (177), Ivrea (136), Milk Way (95) e ECC (87). A multinacional Panini aparece logo atrás com 76 volumes.

Gráfico 3. Porcentagem de volumes publicados pelas editoras espanholas em 2019. Fonte dos dados: MangaLand.Es
Gráfico 4. Número total de volumes lançados pelas editoras espanholas em 2019. Fonte dos dados: MangaLand.Es

Todos esses dados do mercado espanhol foram levantados pelo conhecido tradutor Mark Barnabé (um dos responsáveis pela empresa de tradução Daruma, que tem sido utilizada pela Panini para traduzir alguns mangás para o povo mexicano) em seu blog. Trata-se de uma postagem tradicional, feita desde 2008 pelo autor, e atualmente única que o blog recebe durante todo o ano, visto que o trabalho e outras coisas consomem muito tempo dele.

Embora não saiba o número de vendas, Barnabé possui uma boa visão do mercado espanhol por estar sempre em contato com editoras, lojistas e tudo mais, e, segundo ele, para além dos recordes de lançamentos, o cenário é de otimismo no mercado espanhol. Para o tradutor, parece existir um crescimento do número de leitores, o que aumenta as vendas, gerando mais mangás que geram mais vendas e vão tornando mais e mais obras viáveis no país, havendo até mesmo a exploração de nichos antes não explorados (BL’s e Yuris, por exemplo) e que parecem estar sendo bem rentáveis.

No fim do ano, porém, a editora Norma anunciou um aumento massivo nos preços de seus mangás, coisa que não ocorria há alguns anos. Barnabé indica a possibilidade de as outras editora fazerem o mesmo e isso influenciar o mercado. Entretanto, isso só será possível observar mais para a frente em anos posteriores…


Os dados desta postagem foram retirados do blog MangaLand.Es, do tradutor espanhol Mark Barnabé. Você pode ver a postagem original, em espanhol, clicando aqui.

1 Comment

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: