Retrospectiva 2019 – Editora Panini

Depois de falarmos de JBC e NewPOP, dessa vez é hora de vermos como foi o ano de 2019 da editora Panini em nossa nova postagem da série de retrospectiva. Foi o ano com mais lançamentos da empresa? Ou houve algum outro em que a editora se sobressaiu? Você descobrirá a seguir…

A gente pode resumir o ano de 2019 da Panini com algumas palavras ou frases: muitos lançamentos, problemas de encadernação, preços altos e reajustes astronômicos. É assim que o consumidor vai lembrar do 2019 da editora, um misto de benesses e equívocos. Foi um ano em que a Panini lançou diversos títulos interessantes, que alegraram o público consumidor, só que ao mesmo tempo foi um ano em que não faltaram motivos para reclamações.

A começar, vários mangás sofreram com problemas de encadernação, especialmente alguns vindos de uma gráfica específica, a São Francisco. Após muitas reclamações, com direito a um vídeo de um Youtuber, a Panini se manifestou, notificou a gráfica e promoveu mudanças. Os novos mangás produzidos na São Francismo tem vindo uma  encadernação bem melhor, segundo os consumidores.

Mas o que gerou mais atenção foi que diversos mangás tiveram reajuste de preço astronômicos, na casa dos quatro, cinco e até mesmo sete reais entre uma edição e outra. Os reajustes começaram no final de 2018, mas se intensificaram no início de 2019, atingindo todas as obras mais antigas da empresa. Até então, reajuste superior a um real era algo raro, destinado apenas aquelas obras que não vendiam bem. De repente e do nada, várias obras tiveram um salto enorme.

Não houve uma explicação oficial por parte da editora sobre o porquê desses aumentos, então muitos leitores ficaram na bronca, já que nem todos acompanham a situação econômica brasileira, os aumentos contantes no preço do papel, etc.

A linda edição de Dragon Ball – Edição Definitiva. A Panini se superou nesse lançamento.

O ano também teve mudanças positivas, com a editora voltando a usar sobrecapa em alguns mangás e lançando seus primeiros títulos em capa dura, Dragon Ball Edição Definitiva, Monster Kanzenban, além do recém anunciado Kingdom Hearts – Edição Definitiva. Entretanto, para muitos consumidores, tanto o lançamento de obras com sobrecapa, quanto em capa dura, de nada valeram em virtude dos preços que não foram nada convidativos. Para outros no entanto, o acabamento de obras como o Monster justificaram e muito o preço cobrado.

Esse é o resumo básico do 2019 da Panini. Mas e em termos de números? O ano da divisão de mangás da Panini foi novamente de expansão. A empresa lançou em 2019, 268 volumes de mangás, o maior número da história da empresa no Brasil. É o quarto ano seguido que a editora bate esse recorde. Vejam o gráfico abaixo:

Gráfico 1. Número de volumes de mangás lançados pela Panini em cada ano (2011-2019). Atenção: o número inclui dados dos checklists. Ou seja, nos números de 2019 não constam os mangás lançados em janeiro de 2019, mas que eram do checklist de dezembro de 2018. Do mesmo modo, os mangás do checklist de dezembro de 2019, estão contabilizados, mesmo aqueles que ainda não saíram. Outro ponto para se ter atenção é que Ultramarine Magmell (originalmente chinês) e Radiant (originalmente francês) não estão contabilizados. Fonte dos dados: Blog BBM e Guia dos Quadrinhos.

Para além desses números, vale lembrar que a empresa (ainda nesse meio otaku) teve dois volumes de light novels (The Last – Naruto The Movie e Sword Art Online – Aincrad #02), dois databooks (One Piece Blue Deep e One-Punch Man Hero Taizen) e cinco volumes do mangá francês Radiant e um do chinês Ultramarine Magmell.

Agora em relação ao número de títulos novos (aí contando não só mangás, mas também light novels, databooks, etc), esse foi o ano com o maior lançamento por parte da empresa, com 34 novidades. Esse número, inclusive, superou a JBC de 2015 que havia publicado 32 novidades.

Gráfico 2. Número de títulos novos lançados pela Panini ano a ano (2011- 2019). Fonte dos Dados: Blog BBM e Guia dos Quadrinhos.

Os dois gráficos mostram bem que mesmo na crise (ou justamente por causa dela), a Panini aumentou gradativamente o número de publicações. Antes ela era responsável por cerca de 40 a 50% de tudo o que era publicado no Brasil. Agora, ela é responsável por cerca de 60 a 70%.


TÍTULOS NOVOS


A seguir você verá todos os 34 títulos novos lançados pela editora em 2019.


TÍTULOS CONCLUÍDOS


Durante o ano, além dos volumes únicos, a editora Panini completou 11 obras. Eis a lista com todas elas.


UM APANHADO DOS TÍTULOS DA EDITORA


Ajin: teve dois reajustes de preço durante o ano. Na edição 12 subiu de R$ 19,90 para R$ 21,90 e na edição 13, subiu para R$ 24,90. O preço foi mantido na edição 14, presente no checklist de dezembro da Panini. Vale lembrar que a obra se encontra praticamente em igualdade com o Japão, estando por lá com 15 volumes atualmente.

Ataque dos Titãs: outro título a sofrer um reajuste de três reais, subiu de R$ 16,90 para R$ 19,90 na edição 27. Atualmente, a obra está no volume 28, presente no checklist de dezembro. No Japão, o mangá está no volume 30.

Atelier of Witch Hat: apesar de estar ganhando pequena fama mundo à fora, pouca gente conhecia no Brasil, mas logo a arte da autora chamou a atenção e muita gente resolveu dar uma chance ao título. Foi um dos mangás da Panini que vieram com sobrecapa e três números foram lançados até o momento. No Japão, o mangá está no volume 6.

Bakemonogatari: a adaptação em mangá das light novels de NisiOisiN pelas mãos de Oh! Great chegou ao Brasil pela Panini. No checklist de dezembro, o volume 3 esteve presente. No Japão, a obra está no volume 7.

Batman e a Liga da Justiça: completo no Japão em 4 volumes, esse mangá encontra-se esquecido no Brasil. O primeiro volume saiu em agosto de 2018 e depois não voltou a aparecer.

BEASTARS: veio sem fazer alarde, mas logo se destacou. Com vários prêmios e indicações no Japão, a obra até recebeu uma adaptação em anime recentemente, dando mais visibilidade ainda ao título. Está sendo publicado bimestralmente. Cinco volumes foram lançados até o momento. No Japão, a obra está no 16.

Berserk [Edição Clássica]: a editora publicou os volumes 79 e 80 este ano, equivalendo ao volume 40 japonês. Agora, a editora tem que esperar sair um novo número no Japão.

Berserk [Nova Edição]: a versão mais recente de Berserk continua a todo vapor, chegando à edição 33 no checklist de dezembro. Faltarão então apenas mais 7, pouco mais de um ano de publicação, para alcançar a edição atual japonesa. O título, vale lembrar, foi um dos que teve um reajuste acima do usual, passando de R$ 18,90 para R$ 21,90 em fevereiro de 2019.

Black Butler: Já há alguns anos ao par com a publicação japonesa, Black Butler teve dois volumes publicados no Brasil em 2019, os números 27 e 28. Este último foi mais um dos títulos a sofrer um reajuste surreal, passando de R$ 14,90 para R$ 19,90.

Black Clover: continua sua publicação regular e sem percalços. Foram seis volumes lançados no ano e agora o mangá já está no número 9 no Brasil. No Japão, a obra se encontra no 22.

Boruto: como era de se esperar já alcançou a publicação japonesa e agora será lançado de forma mais irregular. Por aqui saíram 8 volumes até o momento, enquanto que no Japão estão no 9, com o décimo previsto para janeiro.

Bungo Stray Dogs: continua sua publicação. No checklist de dezembro, seu volume 7 estava presente. No Japão, a obra está no 18.

Caçando Dragões: começou a ser publicado agora em 2019 e está seguindo bem em periodicidade bimestral. Em dezembro, o volume 3 esteve presente no checklist. No Japão, a obra está no volume 7.

Crimes Perfeitos: começou a ser publicado agora em 2019 e vem seguindo em periodicidade bimestral. Foi um dos títulos da editora a ser lançado com sobrecapa. Cinco volumes foram lançados até o momento. a obra possui 10 no Japão.

D.Gray-Man: a obra teve o volume 26 lançado este ano e agora a editora espera novamente que se publique um novo volume no Japão.

Dragon Ball Edição Definitiva: o primeiro mangá em capa dura da Panini, já teve cinco edições lançadas. A obra terá 34 no total.

Dragon Ball Super: continua em sua publicação regular e já está perto de encostar com a publicação japonesa. Nove volumes já foram lançados até o momento, enquanto no Japão o mangá está no 11.

Dr. Slump: a outra obra de Akira Toriyama está perto de seu desfecho. Quinze dos dezoito volumes foram publicados até agora.

Dr. Stone: continua sendo publicado normalmente. Oito volumes foram lançados até aqui. No Japão, a obra está no 13.

Fire Force: continua em publicação regular e nove volumes foram lançados até o momento. No japão, a obra está no 21.

Food Wars!: depois de anos de espera, o mangá finalmente chegou. Está saindo mensalmente desde meados do ano.

Furi Fura: começou a sair agora em 2019. Completo em 12 volumes no Japão, o quinto volume brasileiro está presente no checklist de dezembro da editora.

Game: começou a sair agora em 2019 e já teve 3 volumes lançados. No Japão, a obra ainda está em andamento, atualmente com 4 volumes.

Gigant: começou a sair agora em dezembro de 2019. No Japão, a obra está em andamento com 4 volumes.

Golden Kamuy: começou a sair agora em 2019 e foi uma das obras a ganhar sobrecapa. Até o momento quatro números foram lançados no Brasil. No Japão, a obra está no volume 20.

Granblue Fantasy: começou a sair agora em 2019 e três volumes foram lançados até o momento. No Japão, a obra está em andamento atualmente com 6 volumes.

I am a Hero: continua em sua publicação regular. No checklist de dezembro está presente o volume 11, chegando à metade da série. Justamente nesse volume sofreu seu primeiro reajuste, passando de R$ 19,90 para R$ 24,90.

Jagan: começou a ser publicado agora em 2019 e dois números foram lançados até o momento. No Japão, o mangá está em publicação ainda, até o momento com 9 volumes.

Jojo’s Bizarre Adventure – Parte 3: Stardust Crusaders: a terceira parte de Jojo começou a sair agora em 2019. Essa parte terá 10 volumes no total.

Kingdom Hearts – edição Definitiva: anunciado de surpresa em dezembro de 2019, o retorno de Kingdom Hearts em capa dura está para começar.

Lobo Solitário: continua em sua publicação regular, tendo atingido o volume 17. Faltam 11 para ser concluído. A obra sofreu um duro reajuste de preço no ano, passando de R$ 18,90 para R$ 25,90.

Marry Grave: começou a ser publicado agora em 2019. Série possui 5 volumes no Japão.

Mob Psycho 100: está em vias de conclusão por aqui. Chegou ao volume 13. Faltam apenas 3 para acabar.

Monster – Kanzenban: começou a ser publicado em dezembro de 2019. É o segundo mangá em capa dura da Panini. Serão nove volumes no total.

Moriarty: começou a ser publicado agora em 2019. Três volumes foram lançados até o momento. No japão, a obra se encontra no volume 10.

Naruto Gold: continua com sua publicação regular. No checklist de dezembro, o volume 54 esteve presente. Faltam apenas 18 para o final, um ano e meio de publicação.

Ninja Slayer: teve apenas dois volumes lançados no ano. Ainda assim, está perto de sua conclusão, faltam apenas mais dois volumes.

Noragami: enfim encostou com a publicação japonesa. Foram lançados 20 volumes no Brasil, enquanto no Japão estão no 21.

One Piece: está com o volume 92 no checklist de dezembro, enquanto no Japão a obra ganhou o volume 95.

One-Punch Man: foi outro a ter um reajuste galopante, subindo de R$ 18,90 para R$ 24,90. Teve três volumes lançados durante o ano. A obra ainda passou por uma mudança no formato, ganhando sobrecapa a partir da edição 19 para manter o efeito da imagem da sobrecapa se complementando com a capa.

Origin: começou a sair agora em 2019  e o quarto volume encontra-se no checklist de dezembro. Faltarão seis para a sua conclusão.

Pandora Hearts: está em vias de conclusão. O penúltimo volume está para sair.

Pokémon RS: a nova série de Pokémon começou a sair agora em 2019.

Radiant: o mangá francês começou a sair agora em 2019 e cinco volumes foram lançados. Na França, a obra está no volume 12.

Re:Zero Capítulo 2: o segundo arco dos mangás de Re:Zero começou a sair agora em 2019. Dois volumes foram lançados, faltam 3.

Sem saída: foi uma publicação que causou surpresa quando veio, por ser semi-desconhecido e ter muitos volumes, mas está sendo publicado e parece bem aceito.

Seraph of the End: continuou sua publicação regular no Brasil. No checklist de dezembro esteve presente o volume 17. No Japão, a obra está no 19.

Sherlock: no Japão, a obra teve um volume novo publicado em 2019 e agora a Panini o está devendo. A editora já cadastrou o título no ISBN e deve sair em 2020.

Slam Dunk: continua em sua publicação regular e agora se encaminha para o final. A edição japonesa foi concluída em 24 volumes, enquanto que no checklist de dezembro a obra já estava no 20.

Sword Art Online – Phantom Bullet: teve seus três volumes publicados durante o ano e agora  encostou com a publicação japonesa. Agora, a editora tem que esperar sair um volume novo no oriente, o que não ocorre desde 2016.

Tanya the Evil: começou a ser publicado no início de 2019 e vem seguindo bem, em ritmo bimestral. O volume mais recente é o cinco presente no checklist de dezembro. No Japão, a obra está no número 16.

The Promised Neverland: a publicação do mangá continuou bem e, devido ao sucesso do anime, ganhou até reimpressão. Atualmente está no volume 9 (checklist de dezembro), enquanto no Japão a obra está no volume 16, com o 17 previsto para janeiro.

Tokyo Ghoul: Re: continuou sua publicação regular durante o ano e agora está se encaminhando para a reta final. Concluído em 16 volumes no Japão, a obra está no número 13 no Brasil. Tokyo Ghoul: Re foi um dos mangás que sofreu um dos reajustes mais violentos do ano, passando de R$ 13,90 para R$ 19,90 na edição 9.

Toriko: continua quadrimestral desde 2018 e hoje custa mais barato do que mangás que, supostamente, vendem bem mais do que ele. Não sofreu reajustes e o volume 35 esteve presente no checklist de dezembro. No Japão, a obra foi completa em 43 volumes.

Triage x: já em igualdade com o Japão há vários anos, Triage X teve dois volumes publicados no Brasil, o 17 e o 18. No Japão, a obra se encontra no volume 19 e a previsão dada pelo autor é que a obra se encerre no volume 21.

Ultramarine Magmell: o mangá de origem chinesa, mas também publicado no Japão começou a sair no fim de 2019.

Vagabond: em 2019, o mangá teve os volumes 36 e 37 publicados, encostando enfim com a publicação japonesa. Agora a editora deve esperar a obra voltar a ser publicada por lá. Vale lembrar que no Japão, o volume 37 saiu em 2014.

Vampire Knight Memories: a obra derivada de Vampire Knight começou a sair no Brasil em 2019 para a surpresa de muita gente, afinal fazia anos que a obra original havia sido concluída. Saíram três volumes no ano.

Vinland Saga: foi mais um daqueles mangás a ter um reajuste enorme durante o ano, subindo de R$ 14,90 para R$ 19,90 na edição 21, a única lançada durante o ano. No Japão, a série está no volume 23. No fim de 2019, a empresa ainda anunciou um relançamento da obra, em outro formato.

Wotakoi: foi o lançamento com o preço mais em conta em 2019, saindo a R$ 16,90. Isso muito pelo número de páginas ser pequeno, apenas 128 por volume. No checklist de dezembro, o sexto volume esteve presente. Após ele, faltarão apenas dois para encostar com a publicação japonesa.

Yo-kai Watch: pelo segundo ano seguido, Yo-kai Watch esteve inconstante na Panini, com apenas dois volumes publicados, chegando ao número 20 (equivalente ao número 10 do original). No Japão, a obra se encontra no volume 17 (que geraria 34 números por aqui). A obra devia ser quadrimestral (um volume a cada quatro meses), mas está nessa irregularidade.

Yuuna e a Pensão Assombrada: Yuuna foi um dos mangás a ter sobrecapa pela Panini e, possivelmente, foi o que mais necessitava ter, devido ao efeito “ecchi” que acontece ao retirar a sobrecapa. Foram lançados cinco volumes durante o ano. No Japão, foram lançados 19 números até o momento.


TÍTULOS LICENCIADOS PARA 2020



Retrospectiva é uma série de postagens que fazemos todos os anos para relembrar o que de melhor e pior aconteceu no mercado brasileiro de mangás, além de outras notícias relacionadas ou não ao nosso país. Para ver todas as postagens deste ano, clique aqui.

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s