Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (01/2021)

Vejam os números do mês

Você sabe quantos mangás foram lançados no Brasil em JANEIRO? Desde o ano passado estamos apresentando a vocês, todo mês, um resumo do nosso mercado de mangás, mostrando o que foi lançado e fazendo uma comparação com anos precedentes. A base desta matéria é a nossa coluna Mangás que Saíram Esta Semana, publicada todo domingo, em que reunimos uma lista com os títulos que começaram a ser publicados durante os sete dias anteriores. Tal lista é feita com os títulos que saíram em lojas especializadas, que foram recebidos por assinantes ou que tenham sido mostrados em redes sociais por consumidores que os compraram em alguma banca ou outro ponto de venda.

Atente-se, então, que essa postagem lista o que efetivamente saiu e não os mangás que estão nos checklists das editoras, tendo em vista que algumas obras costumam atrasar e só ser publicadas no início do mês seguinte. Ou seja, falaremos aqui do número de lançamentos reais. Obviamente, pode haver inconstâncias, afinal um ou outro mangá pode ter saído em algum lugar e a gente não tenha ficado sabendo a tempo, mas trata-se de uma margem de erro mínima e que não afeta o todo.

Assim sendo, vamos à postagem.


– OBRAS IMPRESSAS –


Antes de falar das obras que saíram, é preciso saber que, durante o mês, a editora Panini fez uma troca em seu sistema e ela estava com problemas para a emissão de notas fiscais. Como resultado, os produtos não estavam chegando nas lojas e nem em nenhum outro lugar. No final do mês as coisas se resolveram e, aos poucos, os produtos começaram a ser encontrados à venda. Ainda assim, o problema fez com que poucos títulos da editora saíssem.

Assim, durante o mês de janeiro foram publicadas no Brasil apenas 23 obras impressas, sendo 22 mangás e um livro. A Panini foi responsável por 12 volumes, a JBC por 9 e a Devir por 2.

A seguir você poderá ver a lista completa com todas as obras que foram publicadas em janeiro no Brasil. Caso não conheça alguma série, basta clicar no nome dela que você será direcionado a uma página com a capa e a sinopse do título.

Durante o mês três séries tiveram a sua estreia no Brasil, todas pela editora JBC. Gunsmith Cats Burst teve o primeiro volume lançado. A edição brasileira compila os cinco volumes originais em apenas dois, então falta apenas um para a sua conclusão. O mangá Overlord teve os dois primeiros volumes publicados durante o mês. A obra ainda está em andamento no Japão, atualmente com 14 volumes editados. Por fim, O Tempo com Você é um livro de Makoto Shinkai. Volume único.

Nenhum título foi concluído durante o mês, mas merece destaque o retorno de Cavaleiros do Zodíaco – Next Dimension, ficando novamente em dia com a publicação nipônica e os novos volumes de Astra Lost In Space e Sunny ficando a um volume de serem concluídos.

Por fim, vale comentar que Jujutsu Kaisen #03 foi lançado nos últimos dias de janeiro, com várias pessoas recebendo o volume pela assinatura. Entretanto, a versão com capa variante ainda não tinha começado a ser distribuída, tendo começado a ser encontrado apenas nesta semana. Por isso, listamos apenas o volume com capa normal.

VOLUMES DE MANGÁS

Falando especificamente de mangás, o janeiro de 2021 foi o mês que teve menos volumes publicados comparado com o mesmo período de anos anteriores. Novamente, o motivo disso foi o problema com a emissão de notas fiscais da Panini que diminuiu consideravelmente a quantidade de volumes publicados.

VOLUMES DE LIVROS

Ao falarmos de livros (incluindo aí as light novels), com o lançamento de O Tempo com Você, 2021 foi o primeiro ano a ter um volume publicado já no mês de janeiro. Nenhum volume havia sido publicado no mesmo período entre os anos 2017 e 2020.


PREÇOS


Durante o mês de janeiro, os mangás mais baratos custaram R$ 22,90 (Bungo Stray Dogs #13, Cavaleiros do Zodíaco Next Dimension #12; Jagan #09; Jujutsu Kaisen #03; Moriarty #10; Spy x Family #03) e o preço mais alto foi R$ 84,00 (Sunny #02).

Se alguém fosse comprar o livro e todos os mangás que saíram em janeiro gastaria um total de R$ 808,90. Esse é um valor mais baixo em relação a 2020, mas maior do que alguns anos anteriores. Isso deve, sobretudo, ao pouco número de publicações em 2021.

Por causa da enorme variação de volumes é preciso também ver a média de preço (o valor total do mês dividido pelo número de volumes) para não se ter uma impressão errada a respeito dos valores praticados. Em 2021, a média foi R$ 35,17 por volume, um valor bem mais alto do que o mesmo período de anos anteriores.

Esse valor médio mais alto acontece por ter alguns mangás com preço bem elevado, juntamente com poucos títulos a preços mais acessíveis.


– EBOOKS –


Desde dezembro de 2017, além dos mangás impressos, no Brasil também são lançados mangás em formato digital (os Ebooks), de modo que precisamos listá-los também. Ao todo foram publicados apenas quatro ebooks em janeiro, todos eles capítulos de Edens Zero, que a editora JBC publica simultaneamente com o Japão.

Com esse número diminuto de publicações, janeiro de 2021 teve o menor número de ebooks comparando com o mesmo período de anos anteriores. Muito provavelmente é, também, o menor número desde que se começou a lançar ebooks de mangás por aqui.

Para quem gosta desse tipo de mídia, resta torcer para que os meses seguintes mudem essa perspectiva e os volumes de mangás voltem a ser publicados.


– ANÚNCIOS –


Durante o mês de janeiro ocorreu o evento online da editora NewPOP, o NewPOP Week, no qual foram realizados diversos anúncios de títulos novos. Entre mangás, light novels, quadrinhos coreanos e quadrinhos nacionais, a empresa realizou um total de 22 anúncios.

Outras três empresas divulgaram títulos novos. A Panini realizou um anúncio durante uma live no Instagram e dois outros anúncios durante o programa Mais Geek, no canal de televisão de Loading. A editora JBC, por sua vez, anunciou dois títulos durante uma live em seu canal no Youtube. Por fim, a Veneta mostrou um novo mangá para 2021.

Vejamos todos eles a seguir:

Quando saem todos esses títulos? A História Secreta de Sakura está previsto para abril, Hell’s Paradise é para maio e Paradise Kiss para junho. Nenhum dos demais títulos ganhou previsão exata de lançamento. Alguns volumes únicos da NewPOP, no entanto, devem sair ainda no primeiro semestre, segundo a promessa da editora.


– PREVISÕES DE LANÇAMENTO –


Alguns títulos anunciados em meses e anos anteriores ganharam previsão de lançamento durante janeiro, você vê a lista completa a seguir:

Sempre é bom lembrar, no entanto, que essas previsões estão sujeitas a alterações por fatores diversos, algumas vezes alheios à editora.


– PREVISÕES DE RETORNO –


Algumas obras paradas há alguns tempo (meses ou anos) ganharam previsão de retorno, com um mês certo para voltarem a ser lançados. São eles:

Novamente, essas previsões estão sujeitas a alterações por fatores diversos, algumas vezes alheios à editora.


– MUDANÇA DE PERIODICIDADE –


Os mangás Golden Kamuy e Yuuna e a Pensão Assombrada, ambos da editora Panini, passam a ganhar um volume por mês a partir de agora. Antes eles ganhavam um volume a cada dois meses.


– MUDANÇA DE PAPEL –


A JBC confirmou durante o mês que seus mangás antigos sofreram mudança de papel. Os títulos antes lançados em Lux Cream, passaram a sair em papel pólen bold, já que o Lux Cream está sumindo do mercado. A escolha pelo pólen bold é porque ele é muito parecido com o LC (saiba mais).

A mudança de papel não é uma surpresa, pois a editora já tinha comentado dessa possibilidade em meados do ano passado, devido à escassez de tipos de papeis no mercado.


– PANINI ABRE CONTA NO INSTAGRAM – 


No início do ano, a editora Panini abriu uma nova conta na Instagram, dessa vez dedicada aos mangás. Até então, a conta da empresa por lá servia para todos os produtos da casa. Como o público na conta anterior era muito dividido entre consumidores de quadrinhos americanos e quadrinhos japoneses (e havia pessoas que gostavam de um tipo e não gostavam de outro) a editora achou por bem criar uma exclusiva para os mangás. Além disso, segundo a empresa, muitas pessoas pediam por uma conta exclusiva (Saiba mais).


– NOVAS ASSINATURAS –


Dois novos planos de assinatura foram disponibilizados em janeiro, ambos de mangás da editora Panini: Goblin Slayer e Kaguya-Sama love is War (saiba mais).


– IMPORTANTE! –


Não existe nenhuma empresa que faça o levantamento de números de vendas de mangás no Brasil. Salvo raras exceções, editoras também não divulgam esses números por questões estratégicas (não dar para as concorrentes informações sobre o que vende e o quanto vende) de modo que não há dados públicos disponíveis a esse respeito.


Esse é o resumo do mercado brasileiro de mangás em janeiro de 2021. Veja as postagens dos meses anteriores:

Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Dezembro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Novembro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Outubro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Setembro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Agosto de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Julho de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Junho de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Maio de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Abril de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Março de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Fevereiro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Janeiro de 2020)


Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados. Ou Seja, se você comprar algum produto a partir de nossos links ou banners, ganhamos uma comissão.

4 Comments

  • Zâmike Zeny

    Impressionante essa média de preços de janeiro, R$ 11,07 a mais! Horcrux!

    Mas o mais impressionante é que já tenha saindo o primeiro resumo do ano e já estejamos na metade do segundo mês. ‘O’

  • Victor Antonio Cunha Soares

    Não existe uma previsão de quando a JBC vai lançar Saint Seiya e Yu Yu Hakusho digital?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: